quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Este nosso Amor


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


ESTE NOSSO AMOR


Não é como a onda, que horas vai e horas vêm,
Nosso amor é como o mar que as ondas contêm,
Horas suaves, horas revoltas; sempre presente,
Imenso se liga ao horizonte, torna-se gigante.

É como a mágica e todo o mistério também,
Repousa na imaginação e se expande na criação.
É como a essência, inquietante, fascinante,
Com sede de saber, viver, eternos amantes.

É como o céu que acolhe brancas nuvens,
Que de tão magnífico a Terra recobre,
É daqui, de ontem e amanhã, certeza,
Irrepreensível e total beleza.

Luz que faísca, reflete, acende,
Ilumina a alma da gente.
Cresce e palpita, no peito agita,
Nos preenche e grita:

TE AMO!


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

Além da Vida... Sempre Amor


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


ALÉM DA VIDA... SEMPRE AMOR


Confesso amor da minha vida,
Sermos juntos, eterna alegria...
Ao som das tuas palavras,
O enigma, a magia, minha rendição.

Ouvindo-te cresço a cada dia,
Exercito em instantes, as eras,
De vida, aprendiz e amante,
Conjugando e expressando,
A chama, a prosa, o verso...

Os sonhos, as verdades,
O infinito indecifrável...

Nos teus braços,
Ah, nestes eu me entrego,
Jovem e madura mulher,
A pessoa que te quer,
Razão e sentimento,
Ofegante empreendimento.

Não creio existir a partida,
Embora saiba que ela é arredia,
E possa hora ou outra fazer paradas
Se for o caso, fala alto o coração.
E apesar das condições... Sorria,
É o amor que de nós se apodera,
Tornando-nos melhores, errantes,
Fazendo-nos unos, amando,
História, meta, universo...

Das fantasias, as mais puras realidades,
O etéreo inimaginável...

Perfeitos são nossos laços,
Amor infindo que eu rego,
Na vida, na morte, todo tempo se quer,
Pois no além se deita sem se perder,
Paixão e comprometimento,
Delirante, exato, mais que pensamento.


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

Por você e com você!


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


POR VOCÊ E COM VOCÊ!


Atravesso as barreiras,
Ultrapasso as fronteiras,
Perco as nadadeiras,
Derreto as geleiras.

Venço as feiticeiras,
Avisto lindas palmeiras,
Vivo histórias aventureiras,
Ergo do amor as bandeiras.

E entre todas as canseiras,
Do enlevo... Sempre faceiras,
Memórias, saudades, "besteiras",
Rondam as margens costeiras.

Mas são ainda tão verdadeiras,
As juras nada grosseiras,
Que querem o esplendor das roseiras,
O afago, o carinho, as tuas maneiras.


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

Amor apenas, apenas Amor!



--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


AMOR APENAS, APENAS AMOR!


Meu sonho e minha verdade,
Razão de toda felicidade,
Em teus braços faço pouso,
Aos teus encantos me recolho.
Viver tamanha realidade,
De amor a maior raridade,
Perder-te ou esquecer-te não ouso,
Seria meu fim...
Ao teu sentir faço coro!


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

Longe de você... Não dá.


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


LONGE DE VOCÊ... NÃO DÁ.


Sem teu retrato em minha página,
Ah, tão fria passa minha estrada...
Mas a esperança de encontrá-lo,
Salta no peito o coração.

Melhor ainda ter-te na retina,
Tão real e próxima, tua estada,
Na possibilidade de amá-lo,
Noite e dia total atração.

Mas a saudade bandida,
Que reina e teima, faz pousada,
Se instala antes de encontrá-lo,
E logo após a partida, é esquecida!


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

Contigo todas as bodas


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


CONTIGO TODAS AS BODAS


Não, não foi apenas um acaso,
Que te trouxe inteiro para mim.
Que me levou tão rápido a ti.

Sim, é corpo e alma, é tudo,
Que move teu pensamento,
Que nos traz este momento...

Sim é muito, muito mais que um caso,
É forte, do amor o mais intenso laço,
Ah, sim, contigo, sou par, sou una, me caso.

Não, não foi um mero acaso,
Que veio trazer-te para mim,
Que me leva, somente prá ti.

Se contigo estou, é certo, é fato,
Se a ti me dou, confesso, é ato,
E no eterno me entrego, relato!


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

Lado a Lado


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


LADO A LADO


Nos caminhos da minha estrada
Um alguém se pôs do meu lado,
Para que nunca mais fique sozinha,
Para que juntos sigamos o rumo.

Sem atalhos e delongas, pequenas paradas,
Para que sigamos sempre lado a lado,
Para que ele nunca mais fique sozinho,
Para que juntos ajeitemos o prumo.

Nos caminhos da nossa estrada
O meu par e eu, lado a lado,
Juntos, mãos dadas... Que carinho!
Seguindo colados, cheios de amor!


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

Eterna Prisioneira


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


ETERNA PRISIONEIRA


Vim catando galhos pelo caminho,
E juntando-os construí um ninho,
Lindo! Cheio de enorme carinho,
Que guardei inteiro pro meu benzinho.

Ele chegou e logo avisou:
Sou aquele que tanto esperou,
Agora eu nunca mais me vou,
E em meus lábios um beijo pousou.

Desde então, sinto-me inteira,
E nos seus braços prisioneira,
De um amor sem fronteira,
Do cupido a flecha certeira!


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

Nua e Tua


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


NUA E TUA


Despida de qualquer loucura,
Finda toda minha procura...
Entregue em teus braços,
No calor de nossos laços,
Rendida ao teu amor,
Perdida em teu calor.
Corpo e alma, completa,
De infinitude repleta.
Agora não mais parte,
Mas do amor pura arte.
Rabiscos de fantasias,
Realizados em poesias.
Conversas rotineiras,
Nossas emoções primeiras,
Tornam vivas alegrias,
As seduções diárias...
Na fogueira do desejo,
Doce enlevo, nosso beijo.
Nua e tua, sou inteira,
Dia e noite, tua e nua,
A cobrir-te com meu manto,
Deste amor que é tanto.
Tanto quanto, certeira,
Tua e nua, sob o sol e a lua,
A causar-te forte encanto,
É o nosso amor que canto!


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

Sentir o teu amor


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Sentir o teu amor


Sentir o teu amor é
Inexplicável, imensurável,
Mágico e apaixonante...

Sentir o teu amor é
Adorável, irresistível,
Alegre e empolgante...

Sentir o teu amor é
Acreditar que o sonho,
Pode, e é verdade.

Sentir o teu amor é
Viver todo o carinho,
E a imensa felicidade.

Sentir o teu amor é
Conhecer e viver,
O amor que não se pode escrever.

Passarei a vida, tentando descrevê-lo!


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Nosso Beijo!


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Nosso Beijo!


Ah quão grande nosso desejo,
De ir muito além do beijo...
Por ele iniciar uma história,
Por ele traçar nossa trajetória.
Viver os sonhos, viver nosso amor,
Que entre enlevos e forte calor,
Escrevem os versos da nossa verdade,
Cheios de encanto e felicidade.

E neste compasso da nossa vontade,
Entre a vida e a eternidade,
Nos reencontramos a todo momento,
Recitando o amor, nosso sentimento!
Mas não passa nem um só segundo,
Nossos lábios sedentos se chamam,
Este amor, é o amor mais profundo,
Que em carícias e beijos se fundam!


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

Quanta falta!


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Quanta falta!



Quanta falta se tem
De quem se quer bem,
Quanto mais se tem,
Mas se quer bem.

E quer também,
Dia, noite e além.
E por se ter este alguém,
A todo momento, se reza, amém!

Pede-se sempre, vem,
Fica, não vá, aqui você tem,
Meu amor, meu carinho, meu bem,
Que guardei prá ti mais ninguém!

Vem!


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Nosso Amor


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Nosso Amor


Vivo do teu amor que é tanto,
Que a minha vida trouxe o canto,
E mais que todo encantamento,
Trouxe-me o maior sentimento.

Vivo do teu amor que é canto,
Que a minha vida trouxe o tanto,
E além do maior sentimento,
Trouxe-me o melhor pensamento.

E então vivemos nosso amor que é tanto,
Que é muito mais que mero encanto,
Tão forte e verdadeiro é o nosso canto,
Que é puro amor não me espanto!

Vivemos o nosso amor que é tanto,
Que em nossa vida trouxe o canto,
E mais que todo nosso encantamento,
Trouxe-nos o maior sentimento!


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

De tudo...


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


De tudo...


De tudo que a vida me deu,
A maior surpresa, tenhas certeza,
Foi quando você foi meu...
Meu sonho e minha verdade,
Meu desejo e minha vontade.

Outros registros passados,
Houveram foram riscados.
Só o agora e o futuro,
é o que importa e espero.

De tudo que a vida me deu,
A maior certeza, não tenhas surpresa,
É quando você é meu...
Meu sonho e minha verdade,
Meu desejo e minha vontade.


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

Noite Adentro


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Noite Adentro


Vão pensamentos, vontades, desejos,
Entre os sonhos e as fantasias,
As nossas emoções, sedutores beijos,
Trazendo a paz e também a euforia,
De ser aconchego e certeza,
Ser do amor a mais pura beleza.

Estrelas e lua no céu,
Bailam ao sabor das estações,
E quando me chamas: pitéu,
Ah, quantas são as sensações,
Amo-te tanto e ainda dizes, que não é tanto, 
Tanto quanto forte é o teu canto.

Acordo em teus braços, é dia de novo,
é tudo que quero, e neste passo me movo,
Para que tudo, simplesmente recomece!


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

Amor meu


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Amor meu


Em teus versos a magia,
Nas entrelinhas a fantasia,
Nas palavras a alegria,
Que encanta o nosso dia.

Sabes poeta seduzir-me,
E a ti, tão bem conduzir-me.
Quero recostar no teu peito,
E ficar assim deste jeito:

No aconchego do amor,
Sentindo o teu calor,
Corpo e alma, unidos,
Na eternidade rendidos.


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Raio de Prazer


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Raio de Prazer


Os suores de nossos corpos se misturam,
E as bocas selam os nossos desejos.
Os olhos se fecham ao sabor do momento,
E o pensamento é como um trovão:

Um êxtase de encanto, prazer e gozo...

Mas de repente um raio brilha,
Lá bem dentro do meu ventre,
Sinto o teu toque, a tua vontade,
E o movimento me desperta os ais.

O forte abraço que vem depois,
É apenas pausa prá que nós dois,
Num segundo momento, delirante,
Pela ânsia louca e ofegante,

Possamos viver sedutor enlevo,
E quem sabe até mais um ou dois?!...


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Abraço Sensual


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Dueto de Nice Aranha & Hildebrando Menezes

http://www.youtube.com/watch?v=Rt3wmzHY6JA


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

Deixe-me aqui



--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Deixe-me aqui


Deixe-me aqui,
Na dúvida deste sentir
E se por ventura eu partir,
Lembre-se que meu amor exprimi.

Deixe-me aqui,
Sem teu olhar, sem teu calor,
Na angústia da espera, e por favor,
Saberás quão grande é minha dor.

Deixe-me aqui,
Sem saber qual rumo tomar,
À deriva, quase a naufragar,
Quando poderiamos nos amar.

Deixe-me aqui,
Sem razão prá viver,
Sem teus carinhos me oferecer,
As minhas verdades, terei que esquecer.

Deixe-me aqui,
Deitada, perdida, ferida,
Aos prantos e aos choros rendida,
Ao lembrar tua inusitada partida.

Deixe-me aqui,
Na tortura que te afasta,
Que faz a paixão nefasta,
Correr sozinha... Basta!

Deixe-me aqui,
Na dúvida deste sentir
E se por ventura eu partir,
Lembre-se, eu estive ai, e me deixaste ir.


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Meu tempo de vida


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Meu tempo de vida


Queria ter mais tempo pros versos,
Mais tempo prá realização dos sonhos...
Mas a vida me toma muito tempo,
Fazendo coisas, que nem sempre me contentam...

Porém, agradeço todo o tempo de vida,
Sofrida e vivida, aprendendo no tempo.
Imaginando e criando por aptidão,
Por trazer o amor dentro do coração.

Queria ter mais tempo só nossos,
Mais tempo prá concretizar nossos desejos...
Mas o trabalho me toma muito tempo,
Fazendo coisas, necessárias, úteis ... Entendam.

Porém, agradeço todo o tempo de lida,
Árdua e prazerosa, realizando a tempo.
Por necessidade e também por opção,
Por fazer, ainda sim por amor, vocação!

Tenho o tempo criança a me seguir pela vida,
O lado adulto que a razão me convida,
Espero a velhice prá me trazer guarida,
E na eternidade me deitar merecida!


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Magia da Fantasia


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Magia da Fantasia


Vou usar minha varinha,
Abóbora virar carruagem,
Sim, pode vir na minha,
Ao país das ilusões fazer viagem.

E não se espante,
Se o beijo for apaixonante,
O sapo virar príncipe,
E o coração acelerar em bipe,

Tum..., tum..., tum, tum, tum,
Será o peito descompassado por um,
Alguém que esperança nos traz,
Felicidade e vida voraz!


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Sucessivo Amor...


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Sucessivo Amor...


Alucinante e errante lua no céu,
Entre sonhos e nuvens já se perdeu.
E devagar, sem queixas, voam ao léu,
As promessas e as juras que se esqueceu...

Passados tempos de fé e amor intensos,
Versos riscados sem mais esperanças,
São tão cruéis as saudades, deixam tensos,
Os corações sedentos, tal qual crianças!

Reclamam, imploram, por novos beijos,
Entre os abraços, ainda são carentes,
De sentimentos que não são presentes.

E agora por fim, tal nestes arpejos,
Rogam-se às estrelas lá no firmamento,
Por uma luz, ou um novo momento!


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

Ah, este teu xavecar!


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Ah, este teu xavecar!


Não sei bem como aconteceu,
Mas tua alegria me convenceu,
Que valia a pena deixar rolar,
Que vale a pena te esperar...

Não sei mesmo como me envolveu,
E nem mesmo sei, como me prendeu,
No teu jeito simples e cativante,
Infinitamente apaixonante.

"Oxi, pelamor", eu adoro teu xavecar,
Soube mesmo, aos poucos, me conquistar.
Mas nunca esqueça de relembrar,
Fazer a arte prá me matar, me excitar...

Ah, sim, bicho bom..., uauuuuuuuu,
Ah, sim, é muito... Muito crauuuu,
Uhummmmmm inteirinho prá mim,
Espero sempre, você assim...

Mas como uma planta tem que regar,
Para crescer robusta e vingar,
Assim também é a atração forte,
Que nasce agora, não sei qual sorte...

Preciso ouvir a voz, sentir o cheiro, viver o sabor,
Pois só assim se chega ao verdadeiro amor.
Que vale a pena deixar rolar,
Que vale a pena por esperar...


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Quando



--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Quando


Quando, somente quando tuas promessas,
De olhos fechados, corações em saltos,
A nos perdermos em demorados beijos,
Viveremos então, as nossas fantasias,

Ao sermos um apenas, porque nos amamos,
De tanto prazer e fogo, assim envolvidos,
Rendidos, entregues nesta chama postos,
Viveremos as trilhas dos nossos caminhos.

Quando, somente quando não mais promessas,
De olhos fechados, corações em saltos,
A nos perdermos em demorados beijos,
Viveremos sim, todas nossas alegrias,

Seremos um apenas, porque nos amamos,
De tanto desejo e prazer, assim atrevidos,
Almas despidas e corpos suados,
Na eternidade, nosso amor jurado!


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Se entre todos os meus desejos foste tu




--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


SE ENTRE TODOS OS MEUS DESEJOS FOSTE TU


Se entre todos os meus desejos foste tu,
Que de um momento pro outro me conquistaste...
Que faço tão longe de teu olhar, de teus lábios,
Senão sonhar acordada, o instante de te tocar?!

Se entre todos os meus desejos foste tu,
Que cerceaste minha vida, meu pensar dominaste.
Que faço sem sentir teu cheiro, teus abraços,
Senão esperar o instante certo prá te encontrar?!

Se entre todos os meus desejos foste tu,
Que meio sem jeito, sem pressa, te firmaste.
Que faço distante de teu ardor, de teus risos,
Senão viajar na imaginação esperando se realizar?!

Se entre todos os meus desejos foste tu,
Que minha alma e coração, profundamente tocaste.
Que faço enquanto espero, por estes teus passos,
Senão sonhar acordada, o instante em que iremos nos amar?!


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

Horizonte Apaixonante


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Horizonte Apaixonante


Quando o azul do mar e céu se encontram,
Apaixonados e enamorados se perdem
Contemplando o horizonte...

São almas que de verdade se encantam,
Num momento único então se prendem,
De amor e carinho nesta ponte,

Que une extremos, se completam...
Na felicidade eterna então se rendem,
Nas esperanças de sua fonte.

Sendo intenso e forte, porque se amam,
Os sentimentos os aproximam, refletem,
São dois amantes agora defronte.


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Vai, vem!




--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Vai, vem!


Hoje sonhei contigo e desejei -te, alma e corpo bem junto ao meu,
Foi tão real, que eu senti, até mesmo depois do prazer e fogo,
No meu pescoço o teu sopro, ao redor do meu corpo teus braços,
De olhos fechados e sorriso nos lábios, provei o amor mais gostoso.

Ah, então eu pensei, cumplicidade e vontade, entre nós se deu,
Nas travessias do tempo, nunca se perdeu... Assim neste jogo,
Um dia ganho, no outro eu perco, mas não mais estranhos,
Empatamos agora, uma emoção tão espontânea.... O gozo!

Perfeito, inteiro, completo... De viver eterno momento,
Onde a realidade supera a ilusão, e à ela se entrega em devoção.
Óh! Arrebatador e avassalador é tão grande este sentimento,
Não padece, só cresce... Num vai e vem, quem sabe acontece?!


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Sedutor Amor




--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Sedutor Amor


Quando tua voz chegou até mim, teus murmuros ouvi,
Ah meu amado, depois nunca mais eu te esqueci!
Ao acaso um caso se estabeleceu, palavras, torturas...
Assim, a brincar e viver, fomos vivendo as aventuras.

Duas livres criaturas, de um lado a outro,
Na arte do encontro, um furo ou outro, de um pro outro.
Um passo à frente dois prá trás, o quê será que aconteceu?!
Mas, passando vem o tempo, o sentimento amadureceu.

Um novo momento, dentro de nós então se estabeleceu,
Se sonhos ou verdades, a mais sincera afinidade,
Peço a Deus a realidade, sentir, viver na infinidade,
Teu desejo ao meu, o meu ao teu, assim se prendeu.

Entregue a alma, pede o corpo, a chama cuide, acalente,
Pois é viril e intenso, de paixão sempre caliente,
Mas é forte e arrebatador, o mais honesto amor,
Que antes, hoje... De carinhos cheios, ainda assim é sedutor.


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Quando te descobri





--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------ --------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ----------


QUANDO TE DESCOBRI


O quê fazer se meu corpo pede o teu, minha alma a tua reclama, porque sem ela, sou apenas metade...

O quê fazer se te quero, desejo e sonho... Se sem teu jeito, fico totalmente sem rumo...

Descobri que nos vais e vens da vida, sempre eras constante... Estavas ali, triste, feliz, bem perto, distante, mas de qualquer maneira, sempre presente...

Quando me dei conta que as pernas tremiam e o coração saltava, tentei fugir, sair correndo, fui me escondendo nas vielas e becos da vida...

Tentava, brincava, sorria... Mas escondida de mim mesma permanecia...

Porém foram nos relâmpagos, que te traziam, durante estes anos todos corridos, que como bem dissestes, percebi num repente, que só fazia aumentar a vontade, a esperança...

Encontrei-me, quando outros de mim se aproximaram... Quando fostes meu primeiro e último pensamento do dia, quando me permiti confessar o quê sinto...

Quando deixei corpo e alma, juntos abertos, sinceros, aos teus braços se entregarem, no gozo etéreo e perfeito , onde nos permitimos conjugar o verbo...

No medo e desejo intenso da loucura da paixão, que se acoberta de carinho, atenção, respeito...

Se o que mais quero amor é viver deste jeito, rendida aos beijos teus...

Porque é amor!


Nice Aranha
Sereia Noturna


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------ --------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ----------

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Soldado do Ar




--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Soldado do Ar
(homenagem a um soldado da aeronáutica)


Pássaro sem asa,
Fera que brilha,
Serpente que não mata,
Homem que encanta.

Pelos céus desponta,
Faz das armas sua paz.
Glória e honra, sua prece,
Coração que enaltece,

O amor que ergue em brasa,
A seguir sempre a tal trilha,
Desbravando linda mata,
Terras, águas, do céu, canta!

A liberdade se levanta,
Ainda assim a ordem faz,
A vitória sim, merece,
Bravo soldado, aparece.

Em tuas lutas o mal enfrentas,
E esperanças então resgatas.
Pátria é solo mãe gentil,
Em nosso peito varonil!


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

sexta-feira, 31 de julho de 2009

Com você em minha estrada




--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Com você em minha estrada


Sinto a brisa leve da manhã em meu rosto,
Pássaros cantam defronte minha janela.
O pensamento viaja tão distante, atrela
Ao teu, que de encontro ao meu, foi posto.

O canto enigmático, dá asas a imaginação,
Enquanto do sonho, a realidade vem a conclusão,
Que o tempo é sempre presente, ouça esta canção,
Passado e futuro, refletem toda a expressão.

Do tudo e do nada, da história vivida, criada,
Do sentir que engloba, as dores e amores,
As cores que tingem, o arco-íris na estrada...

Cheia de curvas, jardins, montanhas e vales,
Rios, lagos, oceanos se enquadram. Nada,
Nada mais belo, viver e morrer, sem parada!

De seguir por você amparada!


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

quarta-feira, 15 de julho de 2009

Ao som do Amor





--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Ao som do Amor


Sou espaço entre dois travessões,
Compasso de arte e sedução,
Completa e perfeita afinação,
Na pauta de todas as emoções.

Sou o tempo marcado e pausado,
Entre as notas marcadas da clave,
Colorido e andamento requintado,
Tocado suave e vivaz enclave...

Sou a quiáltera e a fermata,
Harmonia de toda uma história.
A paz e o fervor, pura melodia,
O som, a energia, a nata!

Andarilho de encantos, colchetes,
Em tua partitura riscados sonhos.
Na vida o brilho e os enfeites,
Das noites e dias, deleites!

Sou apenas o vazio e o cheio,
Antes e depois, agora recreio.
Verdade com ponto de aumento,
Amor revelado sob o firmamento.


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

A Mestra


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


A Mestra


Entra em sala todo dia,
Com sua arte e alegria,
Nos traz a sua sabedoria,
Exercício de cidadania.

Entre cálculos e palavras,
Escreve contos e histórias,
Ao sabor de experiências,
Vai suprindo deficiências.

Nos faz tomar consciência,
Do mundo e da ciência,
E ainda tem paciência,
De educar com amor, persistência.


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

sábado, 27 de junho de 2009

Relato de Vida


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Relato de Vida


Sou nascida do pecado,
Do prazer ejaculado,
Sou então o resultado,
De um óvulo fecundado.

Sou primeira rebenta,
De uma família atenta,
Em tudo que se apresenta,
É o amor que nos orienta.

Sincera e verdadeira,
Traz a calma estradeira,
Com a paz altaneira,
Uma alma aventureira.

E mesmo sendo barulhenta,
Ri e chora... Não lamenta.
A família cresce e aumenta,
Nova esperança sustenta.

Sou assim pequena parte,
Desta trama e bela arte,
Com o saber que se reparte,
Vive a letra, a rima... Encarte!

Meia idade ainda faço,
Cada dia um compasso,
Em cada nota algum passo,
O futuro que eu enlaço.

Minha casa, meu retrato,
Com carinho e fino trato,
Tem a fé como aparato,
E o teu amor de fato!


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

quinta-feira, 11 de junho de 2009

Amor Procurado - Segundo Momento


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Amor Procurado
Segundo Momento



Sentindo o sabor de teus beijos,
Teus braços a adornar-me a cintura,
Arrepios todo corpo invadindo,
Coração batendo, explodindo!

Alegria incontida indecifrável,
Ainda ofegante a olhar-te nos olhos,
Ver teu corpo a render-se de joelhos
Versando o amor venerável.

Um pouco de deuses e loucos,
Neste grande sufoco... Aturdidos.
Instante infinito entregamo-nos aos poucos,
Ingênuos e tímidos, ainda perdidos.

Sua voz como canto envolvente,
Faz meus lábios mais sorridentes,
Como a clamar, suplicar, fervente,
Anseio de tê-lo entrementes,

Saber certo, ainda não ser o momento,
Devagar ir plantando e colhendo,
Querer mais que todo pensamento,
Ver o amor sabiamente crescendo.


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

quarta-feira, 10 de junho de 2009

Amor Procurado


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Amor Procurado


Acreditando no toque suave de tuas mãos
Que devagar deslizaram entre meus dedos
Nas mãos que se fecharam como bênçãos
Agarradas as palmas sem mais os medos,

Acreditando no sorriso tímido sedento,
Encabulado, olhares rapidamente trocados,
Faces que se voltaram como o vento,
Em sutis movimentos que serão revelados,

Nos lábios que se aproximaram delicados,
Na vontade ardente, a fazê-los molhados,
Entreabertas as bocas de ávidos desejos,
Loucas se perderem em demorados beijos.

Os corpos se abraçaram com ternura.
Enquanto a chama nos aquecerá e inundará,
O apaixonado abraço que nos torturará,
Na entrega perfeita então se aprofundará.

Será assim o encontro das almas e corpos,
A descobrirem-se em reais acordos,
De cumplicidade e amor eternos,
Perdidos de paixão e fidelidade repletos!


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

domingo, 7 de junho de 2009

Chega de Espera


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Chega de Espera


Meus olhos procuram teu semblante,
Minha voz, sussurra teu nome...
Meu pensamento exaltante,
Acelara o coração que de ti tem fome.

Intenso, eterno, confesso,
Sentir que enraizado e certo
Arrepiado na pele é promesso
De cingir a alma bem perto.

Meu espírito se alegra e canta,
Enquanto a saudade faz lembrança
Do amor que espalha e encanta
Por ser coro, harmonia, esperança.

Sendo assim, meu regato é apenas a fonte,
De total felicidade prá sempre no peito...
Batendo forte, apaixonado, sem jeito,
Num beijo molhado, o início do horizonte.

Meus olhos te veem, não mais as sombras,
Minha voz, murmura não mais relutante,
O momento é presente, enérgico, excitante,
Conjugados de amor, somos nós, sem delongas!


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

Deixe-me falar




--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Deixe-me falar


Deixe-me falar da minha procura
Desta enorme dor que não cura
Deste amor que no tempo perdura
Da emoção que parece loucura.

Deixe-me falar desta ternura
Que cresce e se aventura
Posta-se no espaço e apura
A beleza intensa. Que doçura!

Deixe-me falar da tortura
De viver a intensa abertura
Deste sentir que não acaba e dura
Entre sonhos e desejos, a jura.

Deixe-me falar por fim da usura,
Dilacerante, suplicante e pura,
Que em meu coração a flecha fura,
De paixão, de amor e candura!


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Dispo-me


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Dispo-me


Ah, meu amor me perdoe,
Se demorei para aqui chegar,
Eu não poderia errar,
Não me perdoaria falhar...

Meu amor, espere,
Vou começar bem devagar,
Quero ver o teu rosto rubrar,
E aos poucos irei me revelar...

Amor, ouça, me olhe,
Ainda menina a te esperar,
Só a ti, quero me entregar,
Só a ti, eu posso verdadeiramente amar.

Ame,
Minha alma e corpo desnudos,
Entregues em teus braços astutos,
Por teu êxtase e prazer fecundos.

Amor, me rendo,
A tua sedução e encantos,
Nos sussurros e apelos mudos,
Deste amor sem prantos!


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

Foi teu amor


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Foi teu amor



Foi teu amor
Que me deu a razão,
A emoção certeira,
Menina e mulher,
Tua fiel prisioneira,
No peito que bate,
Coração saltante,
Em bandeja de prata.

Que me ensinou a reação,
Na busca aventureira,
Na ânsia de ter e ser
A tua real feiticeira,
O poder de abate
A deixar-te ofegante
A ganhar a bravata.

Foi teu amor
Que escreveu-se no verso,
No laço, no ato que faço,
Recordação que invade,
E que no futuro retrate,
Nosso bolero: Te quero,
Na pausa do tempo,
Eterno, sincero...

Que invadiu meu universo,
Espaço, que desejo e refaço,
Emoção e felicidade,
Que nos acolhe - fermate.
E no compasso libero,
Sem qualquer contratempo,
E com amor eu me entrego, é "vero"!


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Império do gozo



--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Império do gozo


Entre gemidos e mordidas
Nem um pouco inibidos,
Vão nossos urros, uivos,
E as bandidas lambidas...
Entradas, saídas, paradas,
Nas investidas, metidas, safadas!

Passeiam prazer e o gozo fogoso
Num trajeto intenso e gostoso
Onde a pele, as células, a epiderme,
Em brasa se rendem inermes,
Se roçam, esfregam, entregues...
Ardem e vibram... Persegues?!

Ah, estremecem e enlouquecem,
Seus corpos se aquecem
Tendo as pernas, o ventre e as coxas,
Perdidos entre afogos e manchas roxas
Somos assim, alucinantes parceiros
De fortes corpos aventureiros.

O personagem mais louco,
Que grita, geme e murmura, não pouco,
Sussurra, num frenesi que a tudo encanta,
O amor sedução que no mundo implanta
Enquanto os corpos se abrem em leques,
Rendidos a todos delírios moleques!

E no rebolar, embolando e soltando,
Devagar as babas escorregadias deslizam,
Exaustos, cansados, repousam,
Da incontrolável excitação até a exaustão,
Mas de êxtase se vestem e repetem a emoção,
Feito bica que se fecha e abre, seguem amando!


Dueto: Nice Aranha & Hildebrando Menezes


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

Carícias em Festa


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Carícias em Festa


Após seduzir e adentrar teu corpo
Entre um sorriso e outro,
Pouco a pouco burilar e deixá-la nua
Entregue, inteira... Sob escondida lua,

No abandono, no breu da noite escura,
Sendo minha sem qualquer frescura
No frio causticante de ventos uivantes
Fomos nós muito mais que meros amantes

Meus dedos passeando e penetrando
Aos poucos descobrindo e controlando
Pelas fendas de tua gruta astuta
A fêmea, a etérea, eterna permuta

Sem sentir remorso ou culpa,
Deliciando-me até a última gota, sem desculpa.
Gotejando o sumo, a saliva escorrida
Da calda tão doce sobre a minha diva

No ritual dos desejos e beijos
Sabor de enlevos tão sobejos,
Na incontrolável e vadia volúpia
Avermelhando a alva pele, mordida.

Entrelaçando e roçando os pêlos
Os meus e teus juntos aos apelos,
Feito bichos de tão tensos pelo vício,
A repetir os gritos, fogos de artifício

De buscar teus adornados orifícios,
Ser só de amor nossos ofícios
Derrapando nas tuas curvas
O encontro de nossos corpos, turvas,

Encaixando-se e a alma elevando,
Bem devagar as faces se aproximando
E estacionando acoplado em teus lábios
Na sede de sentir teus versos sábios

Que salivam insaciáveis pelas bocas
Na insanidade do momento que tocas
A música na qual nos afogas de tão rouca
Foi assim o desenrolar de nossa festa louca!


Dueto: Nice Aranha & Hildebrando Menezes


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

segunda-feira, 1 de junho de 2009

Fatal Sedução


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Fatal Sedução


Sentir... Mais que desejar,
Tuas mãos meu corpo explorar,
E devagar a emoção faceira,
Repetir a sensação primeira.

Teu sopro sobre meu pescoço,
A tua face a roçar meu rosto.
Ser o instante apenas o esboço,
Do prazer intenso a fazer encosto.

No respirar, ainda ofegante,
Entre um beijo e outro,
Ainda relutante...
Num momento ou doutro,

Ser tua mulher-amante,
A tocar-te a pele... Fazer-te ofegante,
Na torturante sedução fatal,
Que nesta vida não terá final.


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

domingo, 31 de maio de 2009

Futuro Presente



--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Futuro Presente


Existe um canto, um mistério a se desvendar,
Dentro de mim, dentro de ti, dentro de nós.
Existe um momento, sol ou chuva,
A certeza de um grande sentimento.

Existe o pranto, um segredo a se revelar,
Em tu, em mim, bravamente em nós.
Existe um segundo, que cai como luva,
A verdade de enorme envolvimento.

Penso nas linhas traçadas, histórias,
Páginas que se escrevem, encantam...
Deixo do passado apenas memórias,
Lembranças que folheio... Levantam,

Emoções refletem, resgatam, apontam,
Marcos de nossas reais trajetórias
Que pousam, aguardam, afrontam,
Um futuro amor, presente. Vitórias!


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

terça-feira, 19 de maio de 2009

Famigerada Inocência



--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Famigerada Inocência



Cândida ternura,
Menina de tranças,
Vestido rendado,
Cheia de esperanças.

Bailando pelo salão,
Com seu olhar sedutor,
Encanta, incendeia,
Nos causa ardor!

Seu olhar procura,
Seu corpo aventura,
Seios saltam à blusa,
Que cintila e acusa,

Os desejos insanos,
Do amor, profanos,
No carmim de seus lábios,
Os beijos roubados!


Nice Aranha & Hildebrando Menezes


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

Mecânico de Tinta


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Mecânico de Tinta


É certo, o ato, e não falho,
A tinta escorre, não abstrato,
No refil se posta, bem acentada,
Ficando à mercê da impressão.

O jovem todo imponente,
Sorri à jovem atraente.
Guarda os seus relicários,
Maleta de todos assessórios.

Em suas mãos, o negror do trabalho,
Que face à noite, tal qual retrato,
Assombra a jovem imaculada,
Que da janela acená-lhe a mão.

Parte o mecânico todo contente,
Cantando prá toda gente...
Quer novo cartucho cuidar,
Pro coração da jovem tomar!

E, como sobre a flor, o orvalho,
Quer registrar fino trato,
Trazendo rosas à sua amada,
Emprega a tinta da emoção!


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

domingo, 17 de maio de 2009

A semente da mentira



--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


A semente da mentira
Dueto


Vem desde cedo,
Embalada no berço,
Cresce e se desenvolve,
Rebuscada, invade o sujeito.

Infiltra-se na sociedade,
Mata toda a realidade,
Apodera-se, disfarça,
Insurge, dispersa...

Contam glórias, através dela
Reputações se ocultam...
E com toda esta falsidade,
Na vida anda como covarde.

Ela vem implantada,
Da história faz parte,
Maltrata e padece,
Não é coisa inventada.

Semente que mente,
Que domina a gente,
Faça aliança, nova amizade,
Com a boa e leal verdade...

Ah, e vê se me dá um presente,
Se torna do mundo ausente!
Só assim sigo potente,
Neste mundo prepotente!


Dueto: Nice Aranha & Hildebrando Menezes


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Sabor de Emoções


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Sabor de Emoções


Um brinde, quem sabe,
Num dia envolvente,
Teu corpo caliente,
Amor que não cabe,

Não se fecha e limita.
Transborda, afaga,
Sedução que não se apaga,
Uma chama que não se imita.

Vem, me absorve num gole,
Me toma ao doce sabor,
Do entorpecer de tal calor,
E na viagem me embole,

Despida de contradições,
Na mistura boca e taça,
Ao sentir que a paz se faça,
Ao juntar nossas emoções.


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

sábado, 9 de maio de 2009

Brasil Colonizado?!...


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Brasil Colonizado?!...


Barroca contradição de nossos ais,
Onde sem liberdade falais,
Índios pátrios, mãe gentil,
Levam das matas o pau-brasil!

Aportam aqui, navios negreiros,
Como escravos, estes são primeiros.
Em nossos leitos, miscigenação de raças,
Culturas várias, neste solo bravas!

Adaptando coisas e procedimentos,
Crenças,valores..., conhecimentos.
Associando-nos, nova estruturação,
Ideologias de europeus - Estado Nação!

Ah, portugueses! Em tuas catequeses,
Trouxeram-nos dores, e também amores.
Entre o mando, e a servil obediência,
Rompeu em nós, a nossa independência!

Do patriarcalismo ao capitalismo,
Seguimos nós, com inconformismo...
Na organização, política e social,
A desigualdade, ainda é natural.

Pesa a luta, pelo poder do povo,
Quase sem esperança, vemos de novo,
Que sem a tecnologia, e o capital,
O país se rende, ao mercado global!

Neoliberal, neocolonialismo,
Do jeito tal, causa escravismo.
FMI, Estados Unidos, Banco Mundial,
Só querem, poder e lucro, isto é real!

Quanta injustiça, corrupção,
Nos tocam a alma e o coração.
Tomam-nos as armas e a confiança,
Nos tratam como criança...

Mas meu Brasil, nem mais juvenil,
Há muito tempo é varonil,
Traz a certeza do povo-nação,
Progredir seguindo à educação!

Nem só formal, também informal,
A nova, a tecnista e a tradicional,
Efervescendo e democratizando ,
O ensinamento civilizando.

Sim, nosso Brasil, nosso companheiro,
É muito mais que um aventureiro,
Clama a "ordem e progresso", o seu direito,
Exigindo, os cidadãos, o seu respeito.

Se, " fulguras, ó Brasil, florão da América",
Este sentimento porvir, então se dedica,
"Iluminado ao sol do novo mundo" ,
"Ou ficar a pátria livre, ou morrer pelo Brasil"


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

sexta-feira, 8 de maio de 2009

Eterno poeta!


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Eterno poeta!
Dueto


Tu és, moderno profeta,
Que nos acorda e desperta,
Em teus melodiosos versos
Onde ainda sinto o teu jeito,
Sorrateiro e completo
Mágico e empolgante
A cativar-me plenamente.

Guardo-te no peito,
Poeta elegante!
Tal qual cavalheiro intenso,
A perfumar todos os cantos.
Ainda em mim te aceito,
Mavioso escritor perfeito!
Sedutor, atraente.
Cavaleiro errante...
Andarilho comovente.

Em teu oásis eu me deito,
E sonho os mais belos sonhos.
Noite e dia, me enfeito,
Arrumo e aqueço o leito,
Esperando que as marés,
Ao beijar os teus delicados pés,
Tragam-te de volta,
Para a nossa palhoça,
Aliviando dores e revoltas.

Ah... E por favor, não solta!
De minhas mãos... Do meu corpo,
A minha alma que te é devota
Porque te amo é certo,
Só em ti eu me completo,
E te quero sempre por perto.


Nice Aranha & Hildebrando Menezes


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

quarta-feira, 6 de maio de 2009

No Útero da Poesia


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


No Útero da Poesia


Punhetando os versos, gozas as mentes
cansadas e desejosas de prazeres tantos,
Saciando mundanos apetites repentinos
Acendes as volúpias, carentes, infinitas!

Entre as dores e as alegrias, doces cantos,
Oh gemidos vários, tão sorridentes!...
Que pulsam sôfregos, pelas peles ardentes
No cheiro maravilhoso, sensual e quente.

Devagar e calmamente eretos, certos,
Ao encontrar florestas ainda virginais,
Avista o orifício da gruta e os seus ais
Aponta e entra com a força que vais,

Ao primeiro enlevo, penetrando portos,
Ali se instala o membro, enérgico e astuto,
Rondando as beiradas de roliças coxas,
Que se abrem ao toque, de nossas vontades,

Dilatam e anseiam, as vias genitais,
Perfilando a delícia, das malícias tais,
A expressão, o verbo, intelectuais,
Reforçam as teses sem peias - geniais!

E dos fortes lábios, as sagacidades...
São vencidas e acalentadas, na mocidade,
Recitando a ébria nota, de viril paixão,
Por onde passeiam todas as excitações,

Que cegam os olhos, nos deixa em tensão,
À mercê dos corpos, profunda vibração,
Emergindo as ondas, que se repetem,
Eletromagnéticas... Puras notas musicais,

Impiedosas, infinitas vezes, vai e vêm...
No pendular ato, de querer o amor também!


Dueto: Nice Aranha e Hildebrando Menezes


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------



Parida da ideia prima abaixo:


Punhetando os versos, gozas as mentes
cansadas e desejosas de prazeres tantos,
Entre as dores e as alegrias, doces cantos,
Oh gemidos vários, tão sorridentes!...

Devagar e calmamente eretos, certos,
Ao encontrar florestas, ainda virginais,
Aponta e entra com a força vais,
Primeiro enlevo, penetrando portos,

Que se abrem ao toque de nossas vontades,
Dilatam e anseiam, as vias genitais,
A expressão, o verbo, intelectuais,
De fortes lábios, as sagacidades...

Recitando a ébria nota, de viril paixão,
Que cega os olhos, nos deixa em tensão,
Emergindo ondas, que se repetem,
Impiedosas, infinitas vezes, vai e vêm...


Nice Aranha
Sereia Noturna

terça-feira, 5 de maio de 2009

Prá sempre, poeta!




--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Prá sempre, poeta!


Ainda sinto o teu jeito,
Mágico e empolgante.
Te guardo no peito,
Poeta elegante!
Ainda em mim te aceito,
Sedutor, atraente.
Cavaleiro errante...
Em teu oásis eu me deito,
Noite e dia, me enfeito,
Esperando que as marés,
Te tragam de volta,
E por favor, não solta,
A minha alma devota.
Porque te amo é certo,
E te quero sempre por perto.


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

sábado, 2 de maio de 2009

Rumo ao Infinito...



--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Rumo ao infinito...
Dueto


Nas entrelaçadas esperas do coração,
Por onde trafega e navega a inspiração
Perco o rumo, o tempo, o fato, a ação,
Querendo entrar contigo em contato.

Deixo a emoção aos poucos me dominar,
Numa incontrolável vontade de te amar...
Tomar-te por inteira, entregue a este canto,
Sussurrando, murmurando versos ao vento...

Por mais que sejam doces as palavras,
Que possam sair da minha letra e lavra,
São os gestos, os toques e o viver,
Que darão a ti, a certeza do meu querer;

Que fazem da história, lindo sonho,
Já descrito, talvez, de forma bisonha?
De ardente chama, nossos compassos,
Deixam certos nossos rastros e passos.

E criando a arte, a música e a rima,
Como pombinhos poetas que primam
Fazermos juntos, lindo colorido,
Como quem tece, belo arco-íris!

Da música em versos, todo o sentido,
Melodioso, gostoso, intenso, incontido...
Escrevemos o amor, o amor mais bonito,
Que hoje entoamos rumo ao infinito.


Nice Aranha & Hildebrando Menezes


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

sexta-feira, 1 de maio de 2009

Sentir Eterno


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Sentir Eterno
Dueto


Uma brisa leve toca meu rosto
Em momentos breves, e soltos,
Pensamentos loucos... Perdidos.
Pairando no ar... Voando ao vento!

Ao mesmo instante que me conduz.
Abro as janelas, e de fora se introduz,
Um suave luar que me seduz.
Quando sinto, a tua presença, que reluz!

E as lembranças que deixaram saudades,
A toda hora vêem... Transpassa e invade.
Relembra as mais deslumbrantes belezas,
De um só tempo de intensa felicidade.

E calmamente, então, eu me posto,
Aninhado no macio do teu colo,
E em teus braços fico enlaçado,
Coração e mente rendidos.

Se há um sinônimo para a pureza,
Não haverá dúvidas e sim certeza!
E teu encanto. Plena de luz,
Estou fazendo, o sinal da cruz!

Rogo neste sentir bonito e profundo...
Em todas as idades e intensidades,
Pelas ruas, avenidas, vilas, cidades,
Ano a ano, renascendo... O mundo!

Que se projeta pelos teus e meus olhos


Nice Aranha & Hildebrando Menezes


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

Magia da Felicidade


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Magia da Felicidade
Dueto


O horizonte descortina a alma,
Numa paisagem que acalma
Que se encontra calada, oculta,
Como menina esperta e astuta

Discreta no silêncio do tudo,
Ali ela escuta o que sai da gruta
Guardada na dor da saudade...
Que a invade como tempestade

Sim, venhas com calma,
Chegue silencioso e brando
Depressa esta dor sepulta,
Coloque-a numa tumba

Revela, mesmo que mudo,
O grito do mundo profundo
O sentimento da felicidade
Essa mesma a tão prometida

Acorda do sonho, a fantasia,
Que anda perdida e vadia
Traz para vida, o arco-íris,
Com suas belas multicores

Permite incendiar meus desejos,
Como se fora a nota num solfejo
No doce ardor de saborosos beijos
Carinhos seus que tanto almejo

E no vai e vem das maresias,
Cantarolamos suaves melodias
Das deusas Afrodite e Isis,
Ninfas, ninfetas entre aprendizes

Realiza todos nossos pensamentos,
Mormente àqueles tão comoventes
Que construímos em versos intensos
Na magia sem quaisquer lamentos!


Nice Aranha & Hildebrando Menezes


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

quinta-feira, 30 de abril de 2009

Memória


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Memória
Dueto


De outrora a memória apenas,
Perpassa e transpassa em poemas
Lembrança de um tempo vivido.
De amores, de dores, sentidas.

Foram bons, mas como Atenas,
Também teve mazelas e cantilenas
Faz parte da história antiga,
Que aqui rascunho na barriga.

Se recordo aventuras-meninas,
Porque estiveram nas esquinas
É que foram mágicas e reais,
Deram a pedra de toque dos ais.

As sinfonias tocadas, sentidas,
Melodias ouvidas e bem descritas
Onde humanos fomos ainda mais,
De mãos e corações dados no cais.

Amantes, abençoados em festa,
De um amor puro que se manifesta
Premiados de encantos, quimeras!
Viveremos para sempre as esperas...

E no avançar das eras,
Tudo o mais eu quisera...
São sonhos, ilusões...
Dedilhando o violão.

E entaõ, só o quê me resta!?
Deixar entrar pela fresta,
Pelas portas... Pelas janelas,
A poesia tão bela!...


Nice Aranha & Hildebrando Menezes


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

quarta-feira, 29 de abril de 2009

Transparência da Alma


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Transparência da Alma


Reflexos, imagens, que nas águas, se perdem,
Mensagens que, em ondas, se escrevem.
São as mesmas respostas, que as palavras não dizem,
Que a curiosidade atiça, e nos atingem,
No silêncio infinito da espera discreta,
Que guarda no âmago a verdade secreta,
Onde tudo é real, mesmo vivendo em sonho,
E todo o bem é um pedaço, um riso pidonho,
Que mexe e remexe no peito calado,
Mas que deixa sempre o coração agitado.

Perdidos nesta efêmera esperança,
O velho, o jovem e a criança.
Propagam nas esferas do tempo,
O fogo, a luz, esta eterna chama,
Que clama, explode, sempre destempo,
Sem pressa ou mesmo em voo inflama,
Na rápida e translúcida ideia que cinge
O ardor da vitória na face-esfinge,
Rubrando a alma que ama, apenas ama,
Inocente e provocante se deita à cama,
E vive, o agora mais intrigante, infante,
Que brilha mais que qualquer diamante,
Momento de realização, paixão e realidade,
Longe, equidistante de toda a maldade.


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Cozinha Mágica


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Cozinha Mágica


Ingredientes que se juntam,
Pouco a pouco se revelam,
Misturando-se aperfeiçoam,
E enriquecendo. Se entoam.

Uma pitada de um segredo,
Uma colher de encantamento.
Uma xícara que vem cedo,
Incrementando com talento!

Duas doses bem cheias de desejos,
E capriche bem, ao acrescentar os beijos.
Para que o tempero não desande,
A massa cresça, resultando grande.

Tem que ter muita paciência,
Esperar o tempo certo, é ciência.
Mas, na batida lenta e forte,
Aqueça o fogo que o resto é sorte.

O casadinho salgado e doce,
Meu amado! Eu trouxe pr'ocê.
Mas sem teu apetite voraz,
Sem o mistério do amor é capaz,

De terminar a receita perfeita,
Aquela dos sonhos eleita,
Onde a fome e a arte se juntam,
Prá vida nascer, depois que aprontam.


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------