sexta-feira, 24 de maio de 2013

Nas ondas deste mar


 
 
 
NAS ONDAS DESTE MAR
 
 
onde forte e calma, 
sopram ventos, ondas tantas,
de alegria, me encanta,
na batalha dos meus dias,
mas nas noites ao deitar-me,
pensamento, então, viaja,
e sem que o passado haja,
o presente, me embriaga,
recorações se fazem lentas,
e de esperanças, alimentas,
emoções que fluem vivas,
realidades incontidas,
remontam os nossos sonhos,
com carinhos tão risonhos,
onde brilham com paixão,
os olhos meus,  revendo os teus,
no temporal destes desejos,
entreleçados em teus beijos.


Nice Aranha
Sereia Noturna



Nenhum comentário: