sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Torrente de amor



TORRENTE DE AMOR


Amor que se sonha e procura
amor que emana e aventura
é o amor que não se engana
aquece com teus beijos
arde de intensos desejos
ferve com teus toques
transpira nossas emoções.

Amor que se tem, candura,
é o amor que expande e cura
o vazio das ausências
a ânsia das inquietudes
vive em reticências
no brotar das atitudes
de entrega e devoção,
da alma e do coração.


Nice Aranha
Sereia Noturna

5 comentários:

Carlos Roberto disse...

O poema é lindo. Parabéns pelo blog!

Karine Freithas disse...

Oi, tudo bem? Obrigada pela visitinha. Seu cantinho da poesia é lindo! Estou te seguindo, voltarei muitas vezes por aqui.

Bjnhs :)

Sereia Noturna disse...

Carlos e Karine, muito obrigada pela visita, fiquem a vontade, é um prazer recebê-los aqui.

Abraços

Nice

Antonio Luiz Gomes disse...

Bela poesia!

*** Cris *** disse...

Lindo, muito fofo!
Bela escolha tb da imagem.
Bjs!