terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Mais um dia




MAIS UM DIA


Tento livrar-me de um vício,
um único que me consome,
domina e toma...

Quero não precisá-lo,
por hoje, por amanhã,
mas é terrível a necessidade.

Preciso demais desta droga,
que me alucina e contagia
a todo instante traz fantasia.

Tento livrar-me do vício,
o único que me consome,
domina e toma...

Quero vencê-lo,
por hoje, por amanhã,
mas como esconder a verdade?!

Sim, preciso perder este vício,
por mais um dia, por mais este dia,
e quem sabe assim, te esqueceria.


Nice Aranha
Sereia Noturna


3 comentários:

A VIDA É UM ETERNO APRENDIZADO disse...

Bom dia!
Que bom acordar e encontrar pessoas que amam a poesia,foi muito gratificante encontrar seu blog.
Grande abraço
se cuida

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo poema...Espectacular....
Cumprimentos

Sereia Noturna disse...

A vida realmente é um aprendizado constante, graças a Deus... A escola da qual nunca saímos diplomados... Eternos estudantes!

Fernando, são pessoas que nos incentivam a seguir, e fazem dos nossos dias, algo especial. Muito obrigada, a ambos pelo carinho e pelos comentários.


Abraços

Nice