domingo, 18 de abril de 2010

Cadê o amor?






--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


CADÊ O AMOR?


Que chega de repente,
Não pede licença...
Se instala dentro da gente,
E nos marca com sua presença?

Vive-se, os momentos de sonho,
Verdades sentidas e esperadas,
Inteiro nos entregamos...
E a alegria contagia nossos dias?

À noite, a rezar, eu me ponho:
Que não sejam falsas as juras,
E o amor à que nos prestamos,
Não sejam apenas meras fantasias.

Acreditei assim e apostei tudo,
Que era prá sempre e profundo,
Porém, a primeira barreira,
Você me deixou, foi embora.

Deixou em mim o vazio,
A mágoa do silêncio, do ausente,
A dor e o sofrer, de não saber o porquê,
O maravilhoso infinito não se pode ver.

Quero você, apenas você,
De qualquer jeito e forma,
Mas apenas você!

Sem entender passo os dias,
Estranhamente sentindo,
A loucura de não ter você!

Sozinha... Meio perdida,
Sigo ferida, por você esquecida,
Não esta mais, aqui do meu lado.

E tudo isto por quê?
Prossigo sem entender.
Por que o amor não pode viver?!

Cadê você, cadê?
Tão em mim e tão longe assim?!

Cadê você, cadê?
Que é a parte exata de mim?!

Cadê você?
Vem, fica junto?!

Cadê você amor,
Que é todo meu mundo?!


Nice Aranha
Sereia Noturna



ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

2 comentários:

Pensamentos da Mila disse...

Sente-se uma dor em tua poesia de quem perdeu um amor...Mas isso não quer dizer que não possa tê-lo de
volta.
Carinhosamente Mila!
Bjs

Ademir Gerreiro das Emoções disse...

''Olá Amiga Nice!

Vim agradecer por ter escolhido
Os meus Blogs, como um lugar
para pouso. Em suas andanças pela
blogosfera. Fico muito feliz
em recebe-lo no quadro dos seguidores
de amigos, dos meus espaços. E espero
que sempre possa encontrala por lá
e que ajá sempre um assunto de seu interesse.
E tambem parabenizar o seu lindo espaço!
Tú tens uma pagina incatadora, com trabalhos
belismo de muito Bom Gosto
e Requintes! Parabens Amiga! até breve..

Um ABraço Fraterno
Ademir Alves