domingo, 28 de fevereiro de 2010

Ilusões de Poeta


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


ILUSÕES DE POETA


Ah estes meus amores cheios de ilusão,
São tais os meus versos de pura sedução,
Rimam saudades e esperanças,
Nos tornam tal qual crianças.

Esqueço-me das barreiras da vida,
Dos tropeços, dos sonhos desfeitos,
Recrio em cada verso minha lida,
Conquistas, alegrias, progressos.

Enquanto a partida não chega,
E a verdade apenas, sobre o tempo, se deita,
Meus olhos se fecham, e vagueiam,
Sobre as miragens que o encanto ajeita.

Poeta de imagens, mentiras faceiras,
Confissões e vontades descrevo,
Com a dor de não tê-las primeiras;
Na realidade vividas - apenas as escrevo.


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Passos do Tango da Vida


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


PASSOS DO TANGO DA VIDA


Enquanto nossas pernas traçam os passos,
Na dança da vida, rimamos a felicidade,
Nosso coração puro, sem maldade,
Nosso amor franco, crua realidade.

Enquanto se envolvem os nossos braços,
No tango fortalecemos toda a verdade,
Um prá cá, dois prá lá, a qualquer idade,
Olhos nos olhos, total liberdade!

Enquanto se rendem os lábios,
Ao beijo entregue sem formalidade,
Cheio de encanto, magia e vontade,
Intenso e repleto de espiritualidade.

Ah, enquanto, se juntam e mexem os corpos,
Nos movimentos harmônicos, a velocidade,
Moderada e acelerada, a complexidade,
Que surpreende, reflete e retrata, a mocidade.

Oh, tempo ignoto, ao qual estamos expostos,
Enquanto nos for permitido, é prioridade,
Festejar o amor que nos inunda, não a causalidade,
Mas a certeza e a promessa de ser para a eternidade!


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

Meu Par


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ



MEU PAR



Sinto a tua energia

Seja noite ou seja dia,

Ah, o teu sabor não me esqueço,

E em teus braços, sempre adormeço.



O teu toque segue ainda comigo,

E é tão forte e real o abrigo.

Você nesta valsa da vida, e eu contigo,

Sou teu par eterno e cativo.



Nice Aranha
Sereia Noturna



ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

O Quadro


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


O QUADRO


Rabiscos traços, de carvão sobre a tela,
Tão branca que agora, não é mais aquela...
Enquanto eu crio o meu sonho, recrio tão bela,
A vida que pinto, nem é, em aquarela.

Como em transe, ágil e esperta,
Vou de negro esfumaçando a arte,
Que nasce do fim e principia parte,
De um todo envolvente, que virá depois.

Não sendo tola, ao contrário alerta,
Jogo com as cores todo o meu sentimento,
Qual forte e real expressão do momento,
Que ferve a veia e jorra todo o prazer.

Não são mais, os rabiscos, que estão nela,
Minha alma se crava, na tintura; sou ela!
A obra que encanta e nos livra da cela,
Auforria o amor que nos une e sela.


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

Partitura da Alma


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


PARTITURA DA ALMA


Aos sons da música de Chopin,
Entregue na madrugada,
Os pensamentos viajam,
Enquanto as almas se tocam.

A dança dos sentimentos,
Invadem os tempos, aumentos,
E aos poucos, embriagada,
Em cada lembrança, focada,

Desejo a reprise, o bis, o refrão,
Em fermatas e pausas apropriadas,
Na harmonia do encontro,
Na melodia dedilhada e pronto.

E nos trinados do afã que tortura,
Do acorde tocado a mistura,
Completa, refinada e amiúde,
A amostra de vida que se alude.

Onde a clave nomeia a fusa,
Na pressa que a deixa confusa,
Mas a seduz em breves pausas,
Compassando suaves as pautas,

De intrépido amor traduzido,
Ao toque de notas produzido,
Com fortes e amenos coloridos,
De sentir tão bem exprimidos.


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Quando os olhos se fecham


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


QUANDO OS OLHOS SE FECHAM


Começam as transformações,
O mundo parece parar,
O coração parece saltar,
Os carinhos são puras emoções.

As vozes não falam, sussurram,
As mãos se buscam e deslizam,
Investem, assanham, alisam...

Num toque sensível, irresistível,
Se exploram, se agitam...
São chamas, brasas - o fogo,
Que arde e grita: TE AMO!

Os lábios se pedem,
As línguas se descobrem.
Os corpos se tocam, se entregam...

O arrepio se aquece, nos entontecem,
A pele é o desejo, a atração e a vontade,
Perene, serena, travessa - felicidade!
Que quando os olhos se fecham,
Permitem sentir, toda esta verdade.


AMOR


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Esquecer?! Jamais.


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


ESQUECER?! JAMAIS.


Não, eu não poderia,
Nem ousar imaginar faria,
Por um momento que fosse,
Ficar sem ti, meu doce!

Esquecer-te um instante,
Não, eu não me atreveria,
Seria um erro gigante,
Perdida eu estaria.

Pois somos amantes,
Pela vida errantes,
Caminhando juntos,
Aliados... Unos!


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

sábado, 20 de fevereiro de 2010

Único Homem



--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


ÚNICO HOMEM


Outrora sonhos encantados,
Recordações de tempos passados...
Coração acelerado, inquieto,
Desejando-te por perto.

São agora, reflexos abstratos,
De uma eternidade aventurados.
Bate descompassado, esperto,
Feliz por ter-te, é certo!

São estrelas nos espelhos das águas,
Poesias rimando todas as fantasias...
Mas são o sol e a lua, decerto,
Noite e dia, dando vida, alerto!

Seguindo o teu e o meu passo,
O rítmo, o tempo e o espaço.
Lembrança, saudade, esperança,
Ternura, carinho, confiança...

É o desejo confesso, vivido,
Há muito esperado, sentido,
No teu rosto, a face, o retrato,
Meu homem amado de fato.


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Chamas Perpétuas


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


CHAMAS PERPÉTUAS


Em teus olhos me vejo agora,
Não há mais porque não dizer,
Pequenas e grandes palavras...

Eu te sinto tão perto, embora
Tudo que vivemos me faça crer,
Que não hajam mais distâncias.

Sei que nossas bocas se encontram,
Nossos corpos se completam,
E nossas almas se unificam.

E sei mais, o quanto me amas,
O tanto que me apaixonas,
O tamanho de nossas chamas.


Nice Aranha
Sereia Noturna


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------