quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Giros de Amor e Paz


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Giros de Amor e Paz

No paraíso destes nossos sonhos,
O presente nós vamos escrevendo,
Deixamos o amor ir nos envolvendo,
E nos entregamos assim risonhos.

E no frenesi de tantos suspiros,
Sentindo na pele tantos arrepios,
Juntamos os corpos quentes e arredios,
No envolvente momento em que há giros,

giros de riso, de alegria tão fatais,
giros felizes, muito intensos, e iguais,
ao imenso e forte giro que o mundo faz!

giros de luz, cheios de vida, que seduz,
no mesmo giro, que a tal paixão conduz,
Ao giro mesmo, deste amor que quer paz!

Nice Aranha


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

Não me importo, mas...


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Não me importo, mas...

Não me importo com o que pensem,
Mas me importo com o que sentem.

Não me importo com riquezas,
Mas me importo com as tristezas.

Não me importo com as crenças,
Mas me importo com as descrenças.

Não me importo com a morte,
Mas me importo com a vida e a sorte!

Não me importo porque faço,
Mas me importo, e se necessário, desfaço.

Não me importo se me entendem,
Mas me importo se não compreendem.

É, eu não me importo se foi ou serás,
Mas me importo com o agora, verás!

Nice Aranha


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

Três Tempos



--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Três Tempos


Hoje é um novo dia,
O passado já se foi,
E o futuro não chegou.

Trago então a alegria,
Um cantar de alforria,
Emoção que se há de ter.

E então nos contagia,
Doce e bela fantasia,
De real, sentir, viver.

Hoje é um novo dia,
O passado já se foi.
E o futuro? Não chegou.

Mas é uma maravilha,
Sempre linda a vida é,
Quando desperta a sensação.

Por não sermos uma ilha,
Solidariedade, é o que se quer,
Quando se tem - um coração!

Hoje é, um novo dia.
O passado, já se foi.
E o futuro? Não chegou...

Porém, eu te garanto sim,
Uma estrela vai brilhar,
E um novo dia, vai raiar!

Porque nunca existe um fim,
Se a eternidade é o par,
Da felicidade de se dar.

É, hoje é, um novo dia!
O passado, já se foi...
E o futuro? Ah! Ainda não chegou!

Nice Aranha


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

terça-feira, 28 de outubro de 2008

É você!


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


É você!

Fiz um castelo com meus sonhos,
Nele me guardei inteira,
Dia e noite sempre bela,
Esperando por você.

Nas doces águas mornas,
Da cascata dos encantos,
Banhei-me o corpo e a alma,
Delirando por você.

Navegando mar adentro,
Rumo certo ao horizonte,
Devagar eu fui chegando,
Bem mais perto de você.

Ao voar por entre nuvens,
Viajando nas ilusões,
Realidades encontrando,
Fui pousando em você.

Escrevendo e digitando,
Fantasias e verdades,
Pouco a pouco fui querendo,
Me entregar só prá você.

Mas na corrida desta vida,
Na loucura dos desejos,
Caio em terra e te confesso,
Estou amando, e é você!

Nice Aranha


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Reencontro Marcado


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ --------------


Reencontro Marcado


Que peça prega a vida em nosso destino, depois de distância sentida, aflora presença há tanto sonhada.

Eis que nossos corpos se amam, nossas almas clamam, e nossos corações descompassam até entrarem no ritmo. Os sonhos, de outrora tão reais e próximos, agora.

Não são mais ilusões, feitiços, magias, apenas; são mais, são verdades, realidades, encantos e prazeres tantos, que nos perdemos entre diversos planos. De ser futuro o presente instante, na eternidade à perder-se infinito.

Não ser memória, mas escrever história, de realizar reencontros, tão desejados e por demais esperados.

Se o querer aumenta a cada dia mais, a admiração confessa progredir constante, e se, sem ter você refletido em meu olhar, não quero mais viver.

É bom demais saber, e ouvir tua voz dizer, que é o mesmo tom, que tocamos distantes, juntos, próximos e sempre unidos.

Porque só há um sentir que se revela intenso e nos faz crianças, felizes e bobos,

o AMOR!


Nice Aranha


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ --------------

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Padece não!


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Padece não!

Navegando o mar das aflições,
Malfadados tristes corações,
Batem descompassados agitados,
Por um carinho, desesperados.

E nas ondas destas buscas,
Mais aflitas e mais bruscas,
Vão e vem com as marés,
Risos, choros, em revés.

Maresia que entontece,
O sentir que nossos corpos,
No calor nos entorpece,
Suados seres em farrapos.

Mas a mareta rejuvenesce,
Novas ondas vem trazendo,
E dois corpos vão vivendo,
Infindo amor que não falece!

Nice Aranha


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

Porvir


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Porvir

Quando as estrelas forram o chão, sempre a brilhar,
Mais são confessas as razões de nosso viver,
Tu e eu, passamos então, a brincar, nos atrever,
Pelo jardim do faz de conta nos embolar.

Onde a esperança faz inveja, a tal saudade,
Partilhamos nós, real sentir do amor, alegria,
Fantasia que se vive, no dia a dia, contagia,
Vivemos nós, a tal dita, cumplicidade.

Entre os cantos e encantos, a sedução florir,
Os nossos lábios se tocando em sútil beijo,
As suaves notas dos arpejos vão colorir,

quando o teu calor vier e se deitar sobre mim.
Se de tristeza já não lembro, nem desejo,
Felicidade é o que viveremos até o fim!

Nice Aranha


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

Fértil Sentir


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Fértil Sentir

Pratico a espera de meu desejo,
Na labuta errante de meu anseio.
Enquanto em meu peito alto lampejo,
Registra a vontade em teu ser esteio.

Vazios escudos de um tempo passado,
De lado deixado pelo bem aprovado,
Eis que renasce a chama ardente,
de onde outrora vivia uma dor estridente.

E enquanto verso fato dito profano,
Entre riscados de sentir, não engano,
Tão forte pulsar em minha alma assombras,
É o amor que fecundo renasce das sombras.

Nice Aranha


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

terça-feira, 21 de outubro de 2008

Regressiva Contagem


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Regressiva Contagem

Enquanto a água escorria em meu corpo,lenta,
Devagar registrava o desejo tanto,
Que em meu peito faz morada. Entretanto,
Ainda é pouco, inteiro não se apresenta.

Passam os dias e as horas que eu já conto,
Uma a uma prá te encontrar. E ainda assim, tarda,
Tal a eternidade... E desesperada,
A vontade louca, teima, faz ponto.

Insiste e torna cruel toda esta espera,
Que a cada dia se resume então grita,
Tô chegando, as horas passam. Reflita,

Seremos um só infinito, que esmera,
Neste horizonte perfeito que agita,
A alma, o corpo, a vida, a razão aflita!

Nice Aranha


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

domingo, 19 de outubro de 2008

Reencontro


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Reencontro


Se não mais sozinha eu me encontro, respiro
Puro e doce ar de quem tem no peito amor.
Do passado esquecido, morta a dor,
Porque te trago, assim comigo - inteiro!

Presente de luz, cheio de carinho ardor,
No peito que salta aos olhos nosso sentir,
E que faz de nossa alma forte emergir,
Explosão que se vive, intenso calor!

Nos afagos promessos - revelamos,
Existir no porvir mais do que sonhos,
A realidade que nos entontece!

Enquanto a espera nos deixa em delírios,
Vontade margeia nos corpos arrepios,
Do encontro e reencontro que então acontece!

Nice Aranha


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Nosso Direito


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Nosso Direito

Uma dor bate no peito,
E fico assim sem efeito,
O corpo caído no leito,
Saudade que não tem jeito.

De tudo que tenho feito,
Confesso não ser perfeito,
Mas por ti quero ser aceito,
Viver amor escorreito!

Nice Aranha


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

domingo, 12 de outubro de 2008

Nosso Entrecho


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Nosso Entrecho

E quando vem a noite, ao cair do dia, viajo,
Por entre o sonho e a realidade que eu faço,
Nesta esperança de te ter neste espaço,
Entre corpo e alma, completo meu...Reajo,

Ao toque doce, de teus lábios ávidos,
De tuas mãos a deslizar em minha pele.
Quando nossas vidas, num momento sele,
As tuas e as minhas juras. Comprometidos,

De fazer e refazer a trajetória,
E de pouco em pouco contar nossa história,
Entre um verso e outro, sermos nós, um do outro,

E neste canto, nos perdemos tão loucos,
Em sentimentos fortes que não são poucos,
Nos entregamos tais, e ainda queremos mais!

Nice Aranha


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------