domingo, 29 de junho de 2008

Entrega


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Entrega
Em nossos sonhos escrevi poemas,
Fazendo mágicas e teoremas,
Quando num instante, tu me tomas,
E assim perfeito, então me domas.

Nas fantasias, registrei sonetos,
Em nossas quadras, só de desejos,
Versei com sabor os nossos beijos,
E com toda cor nossos enlevos.

Se foram sonhos, e não verdades,
Ficaram longe, todas maldades,
E só de encantos, nossos momentos.

Se é verdade e não apenas a ilusão,
Que se afogue já, toda esta emoção,
Ao eterno amor... Em derretimentos!

Nice Aranha





ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

Eternos Momentos


Sonetos Comunitários
Comunidade TROVA E CORDEL do orkut


Eternos momentos

Momentos que jamais esquecerei,
Vividos com carinho e respeito
Formando um laço firme e estreito,
Com alguém que desde há muito, eu amei. (Camélia)

Estes momentos que eu tanto esperei,
Estavam trancados em meu peito,
Só agora se levantam, do leito,
Pois com o tempo, eu nunca, os apaguei. (Nice)

Em pensar que vivi essa crença
Debaixo duma esperança
Que agora retorna imensa (Nina)

Bem me falou a bonança
Por detrás da nuvem densa
Há o sol que ri feito criança... (Nina)

Propagação Estrelar


Sonetos Comunitários
Comunidade TROVA E CORDEL do orkut


Propagação Estrelar

Quando no céu esta estrela aparece,
Lá no alto, em noite fria... Brilha e encanta, (Nice)
Cálidos amores que a vida aquece,
Em meio a nuvem já se levanta (Nina)

Brincando quando tudo acontece,
Felicidade, grande suplanta,
Tristezas, amarguras... Esquece.
Súplice, a magia do amor: se planta. (Nice)

Ah,o destino que habita as paixões...
Toma o cálice que entontece
O rumo tinhoso dos corações (Nina)

E que sem mais quaisquer explicações,
Faz com que eleve aos céus uma prece,
No cintilar da estrela... Multidões! (Nice)

Vôo Livre


Sonetos Comunitários
Comunidade TROVA E CORDEL do orkut



Vôo Livre

Voa borboleta, neste azul anil,
Voa pela liberdade, cheia de amor,
Propala o sentir vário... Com sabor,
da alegria imensa; também varonil. (Nice)

Voa faceira, par das alvoradas
Voa esmerada, tal estrela guia
Inspirando bocas apaixonadas
da alegria intensa;feito a cotovia.(Nina)

Voa livre pelo ar, no peito pousa,
E sobre a bela rosa repousa,
Prá nova era, ainda vindoura. (Nice)

Fingindo que a ferida é à toa,
Pois choro de amor, se perdoa.
Voa às dores numa salmoura!(Nina)

De Certo


Sonetos Comunitários
Comunidade TROVA E CORDEL do orkut



De certo
Ausência que dói sem perdão, teimosa,
Insistente, tal qual navalha, fere, (Nice)
Faz chaga sobre chaga e o corpo adere
A dor birrenta velha e espinhosa!

Alma tristonha –sabes – não prefere,
Pelos cantos vive quieta e chorosa.
Vida! Nunca mais teve prazerosa! (Zé Salvador)
Na dor intensa que na alma, insere.

E a esta dor, se agarra com firmeza
Se é tudo que restou de uma história,
Da alegria que se fez tristeza. (Camélia)

Saudade forte, tão clara certeza,
Muito mais que minha simples memória,
É trajetória, do amor, a presteza. (Nice)

Braços do Amor


Sonetos Comunitários
Comunidade Trova e Cordel do orkut



Braços do Amor


Os teus braços vieram ao meu enlaço, (Nice)
Como asas de um anjo me guardando,
Senti-me protegida, e aconchegando
No amor e na ternura deste abraço. (Camélia)

Esquivei-me das pedras do caminho (Lin)
Em zig-zag fui os males evitando;
Mirava o paraíso, e, foi mirando
Que encontrei nos teus braços o carinho!(Zé Salvador)

Assim passaram os males e agruras
Quando encontrei repleto, um chão de espumas,
Teu colo: meu colchão leve de plumas! (Zé Salvador)

Teu peito se entregava sem usuras(Lin)
E arfando, leve, só de vez em quando
enquanto eu, devagar, sigo te amando. (Ilnea)

Episódios


Sonetos Comunitários
Comunidade ESCANDIR do orkut




Episódios!

Entre abertos desejos que despontam, (Nice)
O nosso sentimento de prazer,
É o coração quem manda e vai dizer (Zé Salvador)
Que pensamentos, às vezes, não contam. (Ilnea)

Faz-nos sensíveis, e, nos faz trazer
As boas sensações que nos apontam (Zé Salvador)
Assim são as histórias que nos contam,
Mas são peças, diversas, há viver.

Que em atos se apresentam e encantam,
E no desejo eterno se encontram, (Nice)
Para compartilhar afinidades...

Se colhem, é somente o que se plantam
Episódios de amor que aqui remontam
São frutos das virtudes e verdades.(Camélia)

Flores Azuis


Sonetos Comunitários
Comunidade ESCANDIR do Orkut


Flores Azuis



Em todos corações brota a florir (Camélia)
a virtude maior: a flor do amor. (Diógenes)
E não há divergência no seguir, (Zé Salvador)
até a rima é bela: amor com flor. (Diógenes}

Quando a rosa delira em seu olor [Elischa)
sensibilizar e nos seduzir (Diógenes)
se percebermos da vida o valor, (Elischa)
sabemos que ela há de conseguir. (Diógenes)

Eu amo a vida em seus vergéis floridos (Palas Atena)
com suas virtudes, trunfos coloridos, (Diógenes)
Transformando pedras em pequenos suvinis (Maria Rita)

Eu amo o sorriso nos lábios da criança (Claret)
Como amo dela, doce esperança (Nice)
E acabo por me deitar em anis! (Nice)

Clímax


Sonetos Comunitários
Comunidade ESCANDIR do orkut


Clímax

Se ouço você dizer que me adora
O mundo se transforma simplesmente
Em um lugar bonito, doce e ardente
Do céu, do mar e estrelas, sou senhora. (Camélia)

É este sentimento que aflora,
E em meu peito, chega facilmente,
Vem, se instala de forma crescente,
Presente faz, meu amor devora! (Nice)

O tempo para, a natureza cala
quando dois seres se unem num só ser;
no clímax da doçura de viver

nosso ser integral nesse ato fala
num momento fugaz de eternidade
sobre o esplendor de nossa humanidade (Diógenes)

Bolero de Amor


Sonetos Comunitários
Comunidade ESCANDIR do orkut

Bolero de Amor

Se as amarguras estou a olvidar,
É prá que recomece o enamorar...
Onde tu, voltará a estar comigo,
Muito além de ser apenas amigo. (Nice)

Quero muito mais que amizade
Quero amor, carinho e lealdade
Quero em teus braços renascer
E de tanto amar, até morrer! (Claret)

E padecendo sempre, eu vou viver,
E em teus braços, quero e vou me prender,
Porque sem você, não, eu não quero, (Nice)

Eu não quero, sem amor, florescer,
E um dia, sim, hei de tudo vencer,
E o nosso amor será então, bolero. (Nice)

Soneto entre Tantos


Soneto Comunitários
Comunidade ESCANDIR do orkut



Soneto entre Tantos


Foi no silêncio dessa madrugada
Que o poeta fez-se poesia
E dos retalhos de uma fantasia
Teceu com versos uma nova estrada.(Ilnea)

Sozinho e triste, mas sem agonia, (Ilnea)
Vendo a trilha que já está traçada
Por uma mente sã e equilibrada,
Que o faz seguir em paz e harmonia. (Camélia)

Teimando e sendo do amor, prisioneiro,
Versa os sonhos, alegrias e encantos,
Enquanto de seus olhos vertem prantos, (Nice)

Saudade reina e inspira primeiro, (Nice)
Mais um soneto dentre os outros tantos,
Último verso entre os acalantos.(Ilnea)

Soneto do Amor Vivido


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ



Soneto do Amor Vivido
Dois amantes, dois apaixonados,
Delírios, torturas e segredos,
Calados, quietos, tão esgotados
Entregues, aprazeres, regados.

Exaustos de tanto fervor, e mortos,
Do puro êxtase cheios, fartos.
De nossas vontades, nossos partos,
Lábios se revelam entreabertos,

Calmos e de teus beijos ansiosos ,
Ao mesmo tempo, viris, sagrados.
Sentimento de luz revestido.

Deitados no leito, nossos corpos,
Certos, do amor, saciados enlevos,
Restituídos a paz do prazer vivido.

Nice Aranha





ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

segunda-feira, 23 de junho de 2008

Dueto Mágico


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ



Dueto Mágico

Passei por terras distantes,
O ontem tentava esquecer,
E ele foi e voltou comigo,
Perdido entre meu peito.

Enquanto estes horizontes,
Esperanças iam florescer,
Minha verdade, meu amigo,
Nos meus sonhos dão um jeito.

E assim atravesso pontes,
Nas fantasias do meu viver,
A realidade que eu abrigo,
No fato que eu não rejeito!

Nice Aranha





ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

domingo, 22 de junho de 2008

Admiração!


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Admiração!

Admiro a inteligência,
Razão, consciência...
Admiro a paciência,
O viver, experiência!

Admiro com fervor,
Aquele que tem calor,
Quem vem se impor,
Em nome do amor!

Admiro as ações,
Dos que tem corações.
Admiro ainda as canções,
Embaladas de emoções!

Admiro a beleza,
Rainha da mãe natureza.
Onde plantas, animais e humanos,
Escrevem sua história... Há anos!

Admiro toda forma de luz,
Aquele que morreu na cruz!
Trazendo céu, terra e mar,
Na onda do eterno amar!

Nice Aranha





ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

Parar das Horas


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Parar das Horas

Das águas da imaginação, à terra,
Sereia Noturna, conheceu o céu.
Ter para sempre teu amor quem dera,
Ser a mulher no altar, a vestir o véu.

Ver-te em meus olhos, dia e noite. Espera.
Dezembro chegar, com o nosso troféu.
Ser tua noiva, eterna princesa, fera,
De paixão, amor, repleta, assim ao léu.

Sentir o teu gosto e cheiro, por inteiro,
No acalmar, parar, de todo ponteiro,
Enquanto toca e canta, esta melodia,

De luz, de vida, e de amor certeiro,
Em minha história, lindo violeiro,
Não ser mais busca, ser a nossa glória!

Nice Aranha





ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

Céus de Maio


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ



Céus de Maio
Dueto

Nos céus de Maio onde nuvens rosadas
Nas noites claras são as bailarinas,
Pelas janelas das enamoradas
Colhem suspiros... soltam purpurinas! -
Eli
Meninas, moças, sempre encantadas.
Inocentes, são tais colombinas,
Que riem e choram... E são embaladas,
Pelos sonhados beijos. Rapinas! -
Nice
E nessas noites, pupilas brilhando,
Seus encantados saem procurando
Em bares, festas, jardins crepusculares... -
Eli
Sedentos de desejo, cantando,
Perdendo-se no tempo, amando,
Ansiosos pela troca de olhares! -
Nice


Elïscha Dewes
&
Nice Aranha


ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

Enquanto há vida


Soneto Comunitário
Comunidade ESCANDIR (Orkut)


Enquanto há vida (Nice)

As escolhas definem o destino (Diógenes)
Bem ou mal...qual será a nossa conduta ? (Andreia)
Será perseverante e resoluta? (Diógenes)
Ou quiça, um nefasto desatino? (Andreia)

Cedo aprendi, se a vida é uma disputa,
Não há espaços pra perder o tino
E tentar ser não mais do que um menino
Que nunca aprende por não ter escuta. (Ilnea)

Aprendi também, que ser, nos importa,
Muito mais que falácias... Sempre amando,
Viver o bem, nos abre a grande porta. (Nice)

Felicidade que então cresce, transborda, (Nice)
Lavado o peito, o coração concorda,
Que a alma é livre, e ainda não está morta. (Ilnea)

Discurso Amoroso de Despedida


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Discurso Amoroso de Despedida

Diga-me amado,
Que és tu sem mim?
- Apenas nada,
A espera do fim!

E que somos nós?
- Desejo ardente,
Amor sorridente,
O infinito a sós!

Queres-me agora?
- Desde antes e
até depois, querer-te-ei,
óh, doce amada!

Sim, amado, eu sei,
Querendo tanto,
E de amor vivendo,
A nossa vida, vamos escrevendo.

Mas, se me perderes,
O que farás?
Deitar e entregar-me-ei,
A perpétua paz.

Amor te peço,
Nunca me esqueça,
E em nosso ninho,
Seja feliz.

Porque é hora,
De ir-me embora.
Estou morrendo,
Mas não o amor.

Amada minha, não vás!
Sem tu, eu nada serei.
- Serás o tudo, eu te digo,
Pois o nosso amor, ainda luz!



Nice Aranha

ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

O Velho Piano


Soneto Comunitário
Comunidade ESCANDIR (Orkut)

O Velho Piano
Nesta nota do piano, ao lado, esquecido,
Suave harmonia, ao ambiente inunda. (Nice)
Acorde reticente, se aprofunda,
Na alma brota o amor quase perdido. (Ilnea)

O velho piano pela mão ferido
Se debulha em sons que a alma fecunda, (Elïscha)
Canção misteriosa e oriunda
De um sentimento puro e tão sofrido. (Camélia)

No acorde bem tocado pelo pianista,
A melodia flui bem ritmada; florido.
Fermatas, coroas sobre este sustenido! (Nice)

Mas notas musicais nas mãos do artista
Se juntam, tomam forma definida
Compondo em melodia, sua vida.(Camélia)

Notas de um Acorde


Soneto Comunitário
Comunidade ESCANDIR (Orkut)

Notas de um Acorde
(Nice)

O tempo traz as chances que queremos
Para realizar nossos desejos,
Com ele vem também todos ensejos
Se por intuição, nós percebemos. (Camélia)

E o tempo que queremos, buscaremos,
Entre nuvens, e pelo ar, os lampejos,
Nossa música, os nossos arpejos,
Densos, sedentos, como lembraremos. (Nice)

E se os acordes dessa sinfonia (Ilnea)
Nem são tão poucos e nem são sobejos
declaro à vida minha idolatria.

Vivo o meu tempo e sei que a estrada é bela.
Seguindo afora ao som dos realejos
Eu pinto o sonho em tons de aquarela. (Ilnea)


Nosso Querer


Soneto Comunitário
Comunidade TROVA E CORDEL (Orkut)

Nosso Querer (Camélia)

É feita só de amor, a minha vida (Camélia)
Se entre meus dedos, só escorrem paixões,
E entre os desejos, eu vivo emoções (Nice)
Que tornam minha história, colorida. (Camélia)

Assim, eu percorro bem descontraída,
Este caminho cheio de sensações,
Onde moram as nossas vibrações,
De carinho, amor, paz, nossa lida. (Nice)

Cultivo o bem querer! Sei que está sendo
Investimento bom para o futuro;
É verdadeiro o meu sentir, eu juro! (Zé Salvador)

De sonho de esperanças, vou vivendo,
Enquanto em meu ser, o amor floresce
A luz do seu querer, minh'alma aquece. (Camélia)

Contemplação



Soneto Comunitário
Comunidade TROVA E CORDEL (Orkut)


Contemplação (Camélia)

Do céu desce uma bênção que me toca,
Meu coração feliz, descansa em paz
Sonho maior que muito me apraz
Na luz suave que o sonho provoca. (Camélia)

Cintila tanto que o brilho foca,
E o sentimento nobre já se faz
Verdade, e não apenas, só capaz
de enganar... A justiça nos toca. (Nice)

Sonhando então, sonho sonhado,
Sentir viver, desejo profundo,
Vir alcançando o melhor no mundo. (Nice)

Neste momento então, abençoado,
Me vejo integrada ao universo
Pequeno grão, ao mar de amor imerso.(Camélia)

Vida que rogo e traço



Soneto Comunitário
Comunidade TROVA E CORDEL (Orkut)

Vida que rogo e traço
(Nice)

Um manifesto, em rogo, aos deuses faço,
Pedindo luz pro dia, todo o esplendor, (Zé Salvador.)
Que guarde-me do medo e do terror
Mostrando-me o caminho em cada passo. (Camélia)

Assim, clamo, e com minh'alma traço,
Cada pedaço do caminho sem dor,
Esperando ver, na trilha toda cor,
Quando do amor, eu me faço e refaço. (Nice)

Bendita luz que guia meu saber,
Mostrando a frágil linha da fronteira
Que pode decidir a vida inteira. (Camélia)

Planejada, ou meu destino viver,
Não importa, se é assim, tão matreira,
Divertida é ela, e também, faceira! (Nice)

Melodia Secreta



Soneto Comunitário
Comunidade TROVA E CORDEL (Orkut)


Melodia Secreta

Tão embalada eu vou pelo teu canto, (Nice)
Na doce melodia que interpreta
O sentimento puro de um poeta
Às vezes mostra riso, às vezes, pranto. (Camélia)

Às vezes caio, às vezes levanto
Tentando criar a poesia seleta,
Não conto, mas tenho a fórmula secreta
Do meu 'sucesso' e de todo esse 'encanto!' (Elïscha)

Formando versos, ternos, dissonantes,
Raros, espertos, quem sabe brilhantes,
Enquanto cabe, no peito, a fórmula,

Secreta, mas também, destes amantes, (Nice)
Que seguem juntos, sempre confiantes,
Canções que interpretam em voz módula...(Camélia)

Cicatriz



Soneto Comunitário
Comunidade TROVA E CORDEL (Orkut)

Cicatriz


Queria nunca ter te conhecido, (Camélia)
Para meus sonhos ter na esperança,
Ou tudo isto eu ter esquecido,
Pra carregá-los nesta lembrança. (Nice)

Grande e bonito amor, ficou perdido
Nas pedras do passado, onde descansa
Somente o que existiu num tempo ido,
E sem deixar pesar, o tempo avança.(Camélia)

Avança quente com lança cortante,
Abrindo as vagas no mar da saudade
E haja dor, penar em quantidade!(Zé Salvador.)

Sangrando o coração a cada instante
Deixando a cicatriz que ficará
Na lágrima que o vento secará...(Camélia)

Eu te amo!


Soneto Comunitário
Comunidade TROVA E CORDEL (Orkut)


Eu te amo!
(Elïscha)

Insisto em dizer que te amo (Camélia)
Pois sem ti, sou nada, apenas... (Nice)
É minha mente, revivendo cenas
Que ainda em sonhos, quero e reclamo.(Camélia)

Insisto em dizer que eu te amo
Mesmo com as alegrias pequenas... (Elïscha)
Lembrando, noites serenas,
Chuvosas, amor proclamo! (Nice)

Porque se não falar, te amo, (Nice)
Vivo sem renovar esta magia,
Do sonho, que conservo noite e dia. (Camélia)

Porque se não falar, te amo,
É porque terei partido, diria,
Deste mundo, sem mais alegria!(Nice)

(Falso soneto de amor!)

Folhas de Outono


Soneto Comunitário
Comunidade Escandir (Orkut)



Folhas de Outono (Nice)


Num lago calmo sob o céu de outono
Dança uma folha como bailarina
Pequeno sapo, nas pedras, traquina
Come mosquitos pra espantar o sono.


Silêncio morno convida o abandono
A fazer parte dessa eterna sina
Raios esparsos do sol que ilumina
Desenham renda no chão sem dono. (Ilnea)


Eu fico a contemplar todo cenário
Que de acordo está, com este calendário;
O outono é prenúncio do frio inverno. (Andreia)


Não é um sentimento, tolo, nem primário,
Que em minh'alma se aninha, faz berçário.
Mas, sobre as secas folhas; faz-se eterno! (Nice)

Amor Guardado


Soneto Comunitário
Comunidade Escandir (Orkut)



Amor Guardado (Nice)


Sem resistência... encontrei o verso
Que, em verdade, tinha ao meu ouvido
Que ouvi, calado, e sendo invadido
Pelas palavras deste universo.


E no meu peito, aberto e desvalido
meu personagem, solto, e sem memória (Ilnea)
Sem lembrar sequer de uma vitória
Olhando o infinito, comovido. (Camélia)


Perdido sentimento tão imerso,
Nos registros presos do passado,
Onde o amor era sempre abençoado. (Nice)


Nas memórias, ainda, controverso,
Verso este antigo sentir, calado,
No silêncio covarde, trancado! (Nice)

Aplausos de uma Glória


Soneto Comunitário
Comunidade Escandir (Orkut)



Aplausos de uma Glória (Nice)


Como um herói diante da vitória (Camélia)
Guarda no peito interno desafio
Recolhe as marcas de luta e vazio
E aceita o aplauso da suposta glória. (Ilnea)


Em seu cansaço lembra sua história
É só alguém que conseguiu vencer (Ilnea)
Bem forte ainda dentro do seu ser
Troféu vivo, carrega na memória. (Camélia)


Passado escrito em sua trajetória,
A colher brilhos, em sua homenagem,
Enquanto arde, no peito, meio selvagem, (Nice)


Orgulhosa e varonil oratória,
Discurso feito durante tua viagem,
Aplausos só aplausos... Tua coragem! (Nice)

Flores na Alma


Soneto Comunitário
Comunidade Escandir (Orkut)



Flores na alma (Camélia)

Respiro este frescor do amanhecer (Camélia)
Andando sob as árvores do parque,
Passa o vento e pede que nele embarque (Elïscha)
Onde eu jamais poderei te esquecer.

Sinto na face, fresca, tal brisa,
Que me reporta ao teu mágico ardor.(Nice)
E o sol que traz a luz e traz calor
Retoca com seu brilho e valoriza. (Camélia)

Vadio é teu sentimento, moleque,
Garboso pavão, cauda em leque,
Recordações de nossos deleites. (Nice)

No ar desta manhã, eu te recordo
Sem terminar o sonho, quando acordo,
Mas trago flores n'alma, como enfeites. (Camélia)

O grande mar da vida


Soneto Comunitário
Comunidade Escandir (Orkut)



O grande mar da vida (Camélia)


No imenso mar da vida onde mergulha
Quem tem coragem, fé e desprendimento (Camélia)
Sem perceber o pássaro que arrulha
Enquanto voa a paz de um céu sem vento. (Ilnea)


A caminhar na praia, sem intento
Um caminhante pisa outras pegadas
Mas tem dentro de si o sentimento (Ilnea)
E o sabor das mais lindas paradas. (Nice)


E vagando vai pelos caminhos,
Nadando, voando sempre encantando,
Não se privando vai sempre amando! (Nice)


Porque mais valem esses teus carinhos, (Nice)
envolventes, enfim seguir andando (Helena)
sobre teus passos sigo andarilhando. (Ilnea)

Embocadura


Soneto Comunitário
Comunidade Escandir (Orkut)
Embocadura (Nice)

No rio, se arrastando em águas negras... (Camélia)
Vazio, segue um barco desgarrado
Sem rumo, sem futuro anunciado
Como um herói, perdido, em peças gregas. (Ilnea)

O leve murmurar d'água que escorre
Embala com ternura o seu tesouro (Ilnea)
Que aos poucos minha alma percorre,
Singelo, calmo, forte como um touro. (Nice)

Das vitórias apenas minha voz,
Sem mais nada, sem eco, sem a cor,
Impetrada na lembrança, só a dor. (Nice)

Mas que não sendo, eu mesmo, meu algoz
Não seja desta vida um desertor
E singre a liberdade até a foz. (Ilnea)

Aliança


Soneto Comunitário
Comunidade Escandir (Orkut)


Aliança (Nice)

Este anel, que cravado, amor revela, (Nice)
Com o brilho de uma jóia verdadeira
Que dura mais que uma vida inteira
E a nossa vida está unida à ela. (Camélia)

Amalgamados nesta jóia rara (Ilnea)
Estão os traços de nosso destino
E o futuro, claro e cristalino
Dessa existência que nos é tão cara. (Ilnea)

Se é tal a intensidade que nos une
representada neste simples aro, (M.Olivia)
mesmo o fluir dos anos não nos pune (Diógenes)

A euforia do amor. é que nos reúne (Helena)
Centelha chama onde me declaro,
E o simples aro, o amor premune!(Nice)

Versos Adjuntos



Soneto Comunitário
Comunidade Escandir (Orkut)
Versos Adjuntos (Nice)

A tua ausência traz muita saudade,
Momentos que trocávamos afetos,
Nossos encontros cálidos, secretos
Versos nascidos desta intimidade. (Camélia)

Caminhando assim na eternidade,
Entre as saudades destes momentos,
Revivemos esses sentimentos,
Adjuntos versos, a realidade. (Nice)

Não se esquece com facilidade
Sentimentos que foram tão concretos,
E juntos, nós sentíamos completos. (Camélia)

Não há tempo, nem sequer idade,
Prá sentirmo-nos ímpar. Repletos,
De amor, vida e sonhos... Já bem quietos! (Nice)

Sem dor, mas com amor!


Soneto Comunitário
Comunidade Escandir (Orkut)
Sem dor, mas com amor!(Nice)

A dor desta saudade que me invade (Camélia)
Traz restos de um passado onipresente
Que toma de um só golpe a alma ardente
E teima em inventar realidade. (Ilnea)

E acreditando vai em tal quimera (M.Olívia)
Arrebatando sonhos, mocidade,
E transformando a vida, na verdade,
Matando a dor, que de mim, se apodera. (Nice)

Quisera eu, matar só de uma vez
Esta lembrança triste que me fez
Evitar o amor pra não sofrer. (Camélia)

Se Deus a mim me desse tal poder
De por um fim a essa insensatez
Eu te amaria... só mais uma vez. (Ilnea)

quarta-feira, 18 de junho de 2008

Meu Amor


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ --------------



Meu amor



Hoje é um dia diferente de todos os outros, porque sem ele, minha vida não seria assim inteira. Sem ele, minha alegria seria pouca... Sem ele, eu seria só.
A data de hoje crava, registra em meu caminho mais, cor, brilho e felicidade... E em todos os anos daqui para frente, hei de festejar este dia com muito amor e carinho.
Foi um presente de Deus. Sim, uma benção que caiu sobre mim...
Há anos atrás, ainda pequeno, era guardado o destino que nos uniria depois...O menino cresceu, tornou-se homem. Tão maravilhoso e especial, reservado para pousar em meu peito e deitar em nosso leito, na eternidade.
Não é de agora que os laços nos aproximam, mas só agora, pudemos nos encontrar.
Hoje, meu amor, não é um dia qualquer. Pois a partir deste dia, Deus te trouxe ao mundo prá mim.
Hoje meu amor, é o teu aniversário, mas o presente maior foi o meu.
Te amo.

Nice Aranha





--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ --------------

sexta-feira, 13 de junho de 2008

Meu Inteiro


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ


Meu Inteiro
Ainda que pese sobre os meus ombros,
Vividos anos, é o futuro, sem
Quaisquer dúvidas, ou mesmo assombros,
Que reluz tão próspero, me faz bem.

O agora, se faz tão nosso, também,
No presente e presente se dando,
Realiza a magia, me faz tua refém,
E no infinito entregue, amando.

Somos o melhor que de nós, se extraí,
Porque juntos, nós somos inteiros,
E juntos, somos, mais que perfeitos.

Somos a expressão viva, maior que vai,
Agigantando, nos anos todos,
O amor que dá, recebe. Amados!

Nice Aranha




ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

terça-feira, 3 de junho de 2008

Auge


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ



Auge

É tão forte que bate, neste meu peito,
Um sentimento carmim, sabor pecado,
Envolto no anseio de ter, amor feito,
Perfeito gozo, de ser enamorado.

Triunfante saber, de você, eu receber,
Carícias brandas, tão intensos afagos.
Que me perco nas linhas a descrever,
A delícia que só o amor traz em bagos.

Gosto do vinho quando inunda meu corpo,
No exagero de total constrangimento,
Quando perdido neste meu sentimento,

Garoto, louco, anjo ou teu homem varão,
Na súplica de ter, teu consentimento,
Ser o teu sonho, e também - o seu momento.

Nice Aranha





ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

Infinito Amar


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ               ﺅﷲﻼ'ﻼﷲﺅ  




Infinito Amar

Amor,

Sinto tuas mãos em meu corpo, a acariciar minha pele, levando-me ao céu... Ouço tua voz, sussurrando aos meus ouvidos, doces palavras de amor. E enquanto fazemos do amor, algo mais que divino, rendo-me a sedução de nossos desejos.

Sim, luzes, cores e emoções, que ultrapassam a imaginação, fazem das fantasias, verdades. Da vontade, o momento. E da eternidade, apenas uma presença, tão intensa e formidável, que se torna inenarrável.Por entre teus braços deslizo sentimentos tão vívidos, que as palavras não grafam, e escritores não versam. Vivo a cada instante, então, um novo segundo, conjugando o verbo amar.

E quando teus olhos fitam-me, e teus lábios tocam-me, conheço e entrego-me ao paraíso. Percorro as trilhas da satisfação, e deito-me na cama da realização.Dois corpos, dois seres, muito mais que metades, inteiro amor; corpo, alma, e mente, entrelaçados, soldados na plenitude do infinito.Perdidos e unidos na loucura da ingenuidade e na audaz e perspicaz malícia da sedução.

Ah, estes apaixonados, enamorados, que somos nós, a entregarmo-nos ao êxtase dos sentimentos, estamos a viver a história que é o amor completo. Arroubo, a extrair a essência de ser mais humano, o melhor humano que há em nós!Sim, somos o amor e dele nos fazemos; porque só dele, sabemos viver.

Beijos

Nice Aranha




ﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ               ﺅﷲﻼ'ﻼﷲﺅ  
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

Escrevendo História


Soneto Comunitário
Comunidade Escandir (Orkut)

Escrevendo História (Nice)

Encontro forças para a jornada (Camélia)
E nem me importa qual será o caminho
Se será leve, fácil, sem espinho
Ou se terei percalços na estrada, (Ilnea)

Seguindo em frente, sem deter o passo, (Maria Olívia)
Rumo a um futuro do qual não sei nada
Não me rebelo, mas inconformada, (Ilnea)
do abatimento não me prende o laço. (Maria Olívia)

Silenciosa, ao encontro do poente
E vendo, ao longe, a linha do infinito
Eu me dou conta do quanto é bonito. (Ilnea)

Passado e futuro, eterno presente,
Vivendo e amando, eu não me repito.
Rabisco os versos, que agora dito!(Nice)