quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

Fim de trova


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ



Fim de trova


Deste céu caem finas chuvas,
Que deslizam sobre a face.
Escorrem, as amarguras,
Final trágico do enlace.


Onde os versos bem traçados,
Registraram as aventuras,
Destes dois enamorados,
Que inventaram partituras.


Chega ao fim belo riscado,
Sem as notas, sem a pausa,
Um enorme emaranhado,
Que a saudade, agora, causa.


Nice Aranha

ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ

--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

sexta-feira, 25 de janeiro de 2008

Realidade Profetizada


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ




Realidade Profetizada



Se em teu instante, me perco eu agora,
Ao ver-te atônito, com as palavras minhas,
Entre céus nublados, o corpo assanhado,
A rir dos versos quentes, feitos prá você.

É porque ainda reina, neste turbilhão,
Nossas emoções que vivem a saltar à toa.
Enquanto eu aguardo, por este instante certo,
Que com beleza, te trarão para perto.

Num quente beijo, a unir os lábios,
De tanto tempo, a esperar tão sábios,
Pelas certezas deste sentimento,
A se unirem lentos, no eterno momento.

Selando irão, as almas destes poetas,
Que entre loucuras registraram história,
Relatando fatos que, na nossa memória,
Serão mais belos, que os versos de agora.



Nice Aranha




ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------

sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

Despertar


--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------
ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ



Despertar


É no tempo perdido, passado,
Que os rascunhos de mim se escreveram.
Com o coração amargurado,
Negras palavras, de dor, se leram!

Pensamentos e frases esquecidas,
Na algema que impede: sorrir, brincar.
Todas as tristezas não merecidas,
Vieram tingir a vida, a me cercar.

Mas dos prantos, fiz eu, meu cajado.
Forças ganhando. Riscos de alegria.
Vitória, aos poucos, eu alcançaria!

Prosas e versos, sonho desperto!
Felicidade, que eu lanço no olhar,
Representa a conquista, do teu amar.


Nice Aranha



ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ             ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ
--------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ -----------ﺊﺋﷲﻼ'ﻼﷲﺅ ------